segunda-feira, 31 de outubro de 2011

CONSUMO DE CIGARRO E BEBIDAS ALCOÓLICAS ESTÁ ENTRE PRINCIPAIS CAUSAS DO CÂNCER DE LARINGE

O hábito de fumar, associado ao de consumir bebidas alcoólicas, é apontado como uma das principais causas do câncer de laringe. Na maior parte dos casos, a doença é tratável e as chances de cura estão acima de 50%.

Segundo o presidente da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica, Enaldo Melo de Lima, em fase inicial, as chances de cura do câncer de laringe atingem 70% e o tratamento é feito com a quimioterapia e radioterapia. Já em casos avançados, nos quais as chances de cura chegam a 50%, pode ser necessária uma cirurgia para a retirada da laringe, que significará a perda da voz.
 "O problema do câncer de laringe é que alguns pacientes não têm reposta ao tratamento conservador, da quimioterapia ou da radioterapia. Nestes casos, é preciso fazer a cirurgia de retirada de laringe, de mutilação do órgão, quando há perda da voz", explicou Enaldo Melo.
O médico alerta que o câncer de laringe afeta mais os homens e é o mais comum entre os tipos de tumores que atingem a região da cabeça e do pescoço. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), representa 25% dos tumores malignos nessa região e 2% de todos os cânceres.
O tumor na laringe pode afetar a fala e a deglutição. Os primeiros sintomas são dores localizadas, sensação de caroço na região ou rouquidão.
Para se prevenir, o médico sugere que maus hábitos sejam abandonados. "A causa principal é o tabagismo, o álcool funciona como fator aditivo. São maus hábitos que desenvolvem não só câncer [na região da] cabeça e pescoço, como [também] câncer de pulmão, de esôfago e de intestino", exemplificou.
Segundo o site do Inca, os fumantes têm dez vezes mais chances de desenvolver a doença. Em pacientes que aliam o cigarro à bebida alcoólica, as chances aumentam 43 vezes.
Agência Brasil 31/10/2011

TRATAMENTO DE CÂNCER DE MAMA DEVE COMEÇAR ATÉ TRÊS MESES APÓS DIAGNÓSTICO, ALERTA INCA

O Instituto Nacional de Câncer (Inca) divulgou hoje (31) sete novas recomendações para o controle do câncer de mama no país. Uma delas é que o início do tratamento ocorra em três meses e que os procedimentos complementares, de quimioterapia ou hormonioterapia, comecem, no máximo, em 60 dias. Além disso, a radioterapia deve ser feita em 120 dias.

As orientações complementam as lançadas no ano passado, que eram focadas em ações de prevenção, detecção precoce e informação de qualidade. Segundo o técnico da Divisão de Apoio à Rede de Atenção Oncológica da instituição Ronaldo Corrêa, desta vez, a lista é voltada ao tratamento de mulheres que já tenham tumores. “Essas recomendações são importantes porque podem ter impacto na sobrevida das pacientes”, explicou.
Ele lembrou, durante o lançamento, que o câncer de mama é o tumor que mais mata a população feminina no Brasil, sendo responsável pela morte de 12 mil mulheres a cada ano.
O técnico do Inca acrescentou que a lista também traz recomendações sobre o acolhimento das pacientes. O instituto orienta que elas sejam acompanhadas por uma equipe que inclua médicos, enfermeiro, psicólogo, nutricionista, assistente social e fisioterapeuta; e que receba cuidados em um ambiente que respeite a autonomia, dignidade e confidencialidade.
“Quanto mais profissionais estiverem comprometidos com o tratamento melhor vai ser a assistência prestada a essas mulheres”, ressaltou.
Ele lembrou que as recomendações não têm força de lei, mas seu cumprimento pode ser verificado pela sociedade.
A lista com todas as recomendações está disponível no site do Inca (http://www.inca.gov.br/). O documento impresso também será encaminhado às secretarias de Saúde dos estados e municípios.
Para ampliar as ações de prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de mama e de colo de útero, o Ministério da Saúde vai investir, até 2014, R$ 4,5 bilhões. Os recursos serão usados, entre outras iniciativas, na implantação de 50 centros para atendimentos em mastologia ou ginecologia e na implantação de 32 serviços avançados em hospitais habilitados para o tratamento oncológico e na substituição de equipamentos em 48 hospitais.
Agência Brasil 31/10/2011

domingo, 30 de outubro de 2011

ALUNOS DO MILITAR VÃO PARA HARVARD

Doze estudantes do 2 e do 3 ano do Ensino Médio do Colégio Militar de Porto Alegre (CMPA) foram selecionados para participar da 59 sessão da Harvard Model United Nations, a mais antiga e importante simulação da ONU, que ocorre anualmente na Universidade de Harvard (EUA).

O presidente do Clube de Relações Internacionais do CMPA, Matheus Brum, 17 anos, afirmou que o grupo vai representar a Bielo-Rússia (país escolhido pela ONU) e terá integrantes em oito comitês da conferência. "Vamos debater temas como corrupção, tráfico de órgãos e os exércitos privados", revelou Matheus. O grupo viajará para Boston, cidade onde o evento será realizado, no dia 24 de janeiro de 2012.
A conferência acontecerá entre os dias 26 a 29 de janeiro de 2012. "Além de ser grande experiência e aprendizado, vamos viver uma imersão cultural, com mais de 4 mil estudantes de 35 países", explicou Matheus.
Os 12 representantes gaúchos foram selecionados, entre 40 candidatos, pela comissão de avaliação do colégio e de Harvard. "A seleção é semelhante às realizadas para ingresso nas universidades norte-americanas", salientou o presidente do clube.
Foram testados conhecimentos gerais, de inglês e de relações internacionais. Na atividade de simulação, os alunos se tornam diplomatas de países membros da ONU e realizam procedimentos de negociação internacional procurando solucionar conflitos e estabelecer cooperação.
Fonte:Jornal Correio do Povo 30/10/2011

CARTILHA ORIENTA SOBRE O RIO TAQUARI

Iniciativa originada do projeto Viva o Taquari Vivo, a "Cartilha Ambiental" orienta para a preservação do rio. A edição é uma ação conjunta da Associação Comercial e Industrial de Lajeado, da unidade local da Parceiros Voluntários e do Rotary Club Engenho. O material, patrocinado pelo clube rotário, tem tiragem inicial de 3.250 exemplares. A produção dos textos foi da jornalista e professora da Univates Jane Mazzarino, com apoio técnico da bióloga Cátia Viviane Gonçalves.

A cartilha contém dados históricos, geográficos e sociais sobre o rio e seu percurso de 520 quilômetros. Explica também que o Viva o Taquari Vivo foi criado para construir uma nova relação da sociedade com o manancial e seus afluentes e fundamenta-se na cidadania de pessoas que coletam o lixo do local, divulgam os resultados e provocam a reflexão para uma consciência preservacionista, destaca o coordenador do projeto, Gilberto Soares.
Exemplares da cartilha serão distribuídos aos participantes do Fórum Tribal Regional da Parceiros Voluntários, que acontece no próximo dia 9, em Lajeado. Outra parte irá para entidades e escolas da cidade e região.
Fonte:Jornal Correio do Povo 30/10/2011

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

SEMINÁRIO DISCUTE ESTRATÉGIAS PARA O DESENVOLVIMENTO INFANTIL

Brasília - Novas estratégias para o desenvolvimento de crianças na primeira infância foram discutidas hoje (27) no seminário Cidadão do Futuro, promovido pela Secretaria de Assunto Estratégicos e Direitos Humanos (SAE). O evento reuniu especialistas dos setores público e privado na busca de uma política de desenvolvimento integral da criança que assegure condições mínimas às famílias para uma atenção correta na idade até 3 anos.
O ministro da SAE, Moreira Franco, em seu discurso falou sobre a importância do país adotar ações imediatas voltadas à primeira infância, como condição essencial para o crescimento da classe média com a consequente superação da pobreza. “Não vamos mais trabalhar embasados em direitos negativos, pois avançamos esta etapa. Agora nossas ações serão a partir dos diretos positivos, esta é a nossa realidade”, disse.
A secretária nacional de Promoções dos Direitos da Criança e do Adolescente da Secretaria de Direitos Humanos, Carmen Silveira, também presente no seminário, declarou que o Brasil vive hoje um momento diferenciado porque, pela primeira vez, dispõe de um Plano Nacional para a Primeira Infância, preparado e formulado por uma grande rede composta por mais de cem entidades.
“Vemos nesse dois dias [do seminário] que a política para a primeira infância não é somente intersetorial, não deve ser feita apenas com ações da saúde ou da educação infantil ou da retaguarda da rede sócioassistencial, mas justamente que se preconiza, o que os especialistas nos demonstraram aqui, a necessidade de que a gente não invente a roda, mas que se otimize, se potencialize os programas que o governo já desenvolve. O que está faltando ao Brasil é integrar esses programas”, disse.
Fonte:Agência Brasil 27/10/2011

BRASIL RECICLOU 17 BILHÕES DE LATINHAS DE ALUMÍNIO NO ANO PASSADO

O Brasil reciclou 97,6% das latas de alumínio produzidas para embalagens de bebidas em 2010, um total de 239 mil toneladas de sucata, o equivalente a mais de 17 bilhões de unidades de latas. De acordo com a Associação Brasileira do Alumínio (Abal) e a Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alta Reciclabilidade (Abralatas), que divulgaram hoje (17) os resultados, os números de 2010 mostram crescimento de 20,3% na reciclagem e de 21% na produção, na comparação com 2009.
O índice mantém o Brasil na liderança da reciclagem de latas de alumínio para bebidas. No mesmo período, o Japão reciclou 92,6% da produção e a Argentina, 91,1%. Nos Estados Unidos, o índice foi 58,1%, mas o volume de produção é muito maior, cerca de 100 bilhões de latas por ano.
Em 2010, a reciclagem de latas no país movimentou cerca de R$ 1,8 bilhão. Desse total, R$ 555 milhões foram injetados diretamente na coleta. De acordo com o empresariado, o volume de latas de alumínio coletado em 2010 equivale à geração de pelo menos 251 mil empregos no setor.
As entidades também apresentaram os resultados da Greendex 2010, pesquisa feita anualmente pela National Geographic desde 2008 sobre consumo ambientalmente sustentável no mundo. O Brasil ficou em segundo lugar entre 17 nações, atrás apenas da Índia. Segundo o diretor executivo da Abralatas, Renault Castro, deve-se comemorar o resultado, mas com ressalvas.
“Comemoramos porque a base do nosso consumo é mais sustentável do que a de muitos países, mas alguns índices são reflexo do estágio de desenvolvimento econômico do país”, disse Castro, referindo-se a dados da pesquisa como o que mostra que os brasileiros se locomovem mais do que a média mundial por meio de transportes públicos e considerando que essa tendência pode se inverter caso não sejam feitos investimentos governamentais nesse tipo de locomoção.
Para avaliar o consumo sustentável das populações dos 17 países – entre eles a Argentina, Austrália, os Estados Unidos, a China, o México, a Inglaterra, Rússia, o Japão, Suécia e Alemanha – a pesquisa entrevistou 17 mil pessoas sobre itens como moradia, transporte, alimentação, energia e atitudes.
No quesito moradia, os brasileiros conquistaram o primeiro lugar, que considera o número de quartos nas casas, a tendência de ter aquecedores e ar-condicionado e o uso de eletricidade “verde”, principalmente pelo uso de energia hidrelétrica, entre outras fontes renováveis. A pior colocação brasileira foi a do quesito alimentação, com a 16ª colocação, graças ao baixo consumo de frutas e legumes e à ingestão de carne em maior quantidade que outras nacionalidades. No consumo de carnes, o Brasil se iguala à Argentina.
“Essas pesquisas podem ajudar a orientar políticas públicas”, disse Castro. “A atitude do brasileiro mostra uma evolução. Notamos, por exemplo, o aumento da preocupação com as embalagens dos produtos".
Fonte:Agência Brasil 27/10/2011

PRONATEC É OPORTUNIDADE DE AVANÇO NA QUALIDADE DO ENSINO, DIZ DILMA AO SANCIONAR LEI QUE CRIA O PROGRAMA

Brasília – A presidenta da República, Dilma Rousseff, sancionou hoje (25) a lei que cria o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e ao Emprego (Pronatec), que vai oferecer bolsas de estudo e financiamento para cursos de qualificação profissional. Serão R$ 24 bilhões em investimentos até 2014. A expectativa do governo é que sejam criados 8 milhões de vagas em cursos de formação técnica e profissional.
Para implementar o programa, estão sendo construídas 208 unidades de institutos federais de educação profissional, sendo que 35 delas devem ser entregues ainda este ano. E, por meio de parceria com o Sistema S, a oferta de cursos profissionalizantes gratuitos será ampliada para 630 mil vagas também em 2011.
Ao comentar a importância do Pronatec, Dilma considerou que o plano vai ajudar o país a ter uma educação de maior qualidade. Para a presidenta, como o Brasil já conseguiu universalizar a educação, agora precisa avançar na qualidade do ensino. “Hoje nós temos um desafio, que é assegurar capacitação para os nossos jovens, nossos trabalhadores e adultos que não tiveram, no passado, uma oportunidade para essa qualificação”, observou.
A presidenta ressaltou ainda a importância da parceria com o Senai e o Senac para o oferecimento do ensino profissionalizante. “[Para que possamos] assegurar que o ensino médio brasileiro não seja um ensino iluminista do passado, mas seja um ensino que combina o conhecimento geral, a prática específica e a qualificação necessária para fazer frente à economia do conhecimento, à sofisticação tecnológica.”
O ministro da Educação, Fernando Haddad, disse que o Pronatec inova em pontos como o da desoneração de encargos previdenciários e trabalhistas para as empresas que investirem em educação. “Daqui para a frente [com a sanção do Pronatec], nenhum investimento de empresas para educação profissional poderá ser tributado, seja tributo trabalhista ou previdenciário. O Pronatec traz a desoneração total do investimento em educação feito pelas empresas”, observou.
Haddad destacou que o programa vai financiar cursos de qualificação para os trabalhadores que estiverem procurando emprego e recebendo o seguro-desemprego. “A União poderá conceder seguro-desemprego condicionado à frequência em um curso de educação profissional”, informou. O objetivo da medida é que o trabalhador desempregado que esteja pedindo o seguro-desemprego repetidamente, por demissões sucessivas, comece a frequentar um curso de educação profissional em uma parte do dia para ter mais chances de conseguir uma melhor vaga no mercado de trabalho.
O ministro lembrou ainda que os estudantes do ensino médio poderão frequentar o Senai e o Senac em horário contrário ao da escola regular.
Fonte:Agência Brasil 26/10/2011

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

CRIATIVIDADE, SOLIDARIEDADE E SUSTENTABILIDADE


Grupo de senhoras usa caixas de leite para forrar casas de comunidades carentes. Assista ao vídeo!
Soluções criativas sempre surgem quando há a vontade de procurá-las!
Muitas vezes elas são mais simples do que pensamos e podem estar bem ao nosso lado.
Surpreendentemente o reuso do que se considera lixo descartável pode se tornar uma solução simples e inimaginável, que ajuda muito quem mais precisa.
Veja o caso de um grupo de senhoras de Passo Fundo (RS), que usa caixas Tetra Pak como isolantes térmicos em moradias de comunidades carentes. Além de ajudar a quem passa frio, evita o descarte de lixo na natureza.
Fonte:Mercado Ético

EM MARCHA EM BRASÍLIA, PROFESSORES PEDEM APLICAÇÃO DE 10% DO PIB EM EDUCAÇÃO

Professores de todo o país participaram hoje (26) de uma manifestação, no centro da capital federal, para pedir mais investimentos em educação e o cumprimento da lei que estabelece um piso salarial nacional para a categoria, que atualmente é R$ 1.187,97.

Entre as reivindicações, está a destinação de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro para a educação. Hoje esse patamar está em torno de 5%. Os manifestantes também defendem a aprovação pela Câmara, ainda este ano, do Plano Nacional de Educação (PNE). A proposta encaminhada pelo Executivo estabelece 20 metas a serem cumpridas até 2020, entre elas, o percentual do PIB a ser investido na área.
Segundo os organizadores da marcha, representantes dos 43 sindicatos filiados à Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) estiveram presentes. Os manifestantes caminharam do Estádio Nacional de Brasília até o Congresso Nacional. Na Câmara, representantes do movimento entregaram à presidenta da Comissão de Educação e Cultura, deputada Fátima Bezerra (PT-RN), um documento com 140 mil assinaturas em apoio à aplicação de 10% do PIB na educação.

“Viajei 32 horas para chegar aqui, e com certeza valeu a pena. A marcha está bonita e essa mobilização é necessária. O governo precisa olhar para nossa categoria”, disse o professor de física Everton Luís Silva, que veio de Santa Catarina. Também estiveram presentes estudantes, sindicalistas e membros de entidades da sociedade civil, além de representantes de organizações que atuam em defesa do ensino de qualidade vindos de países como a Argentina e o Chile.

Segundo a CNTE, representantes do movimento esperam ser recebidos pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, no início da tarde.
Fonte:Agência Brasil 26/10/2011

terça-feira, 25 de outubro de 2011

CADERNOS DE PROVA DO ENEM ESTÃO DISPONÍVEIS PARA CONSULTAS NA INTERNET

Estão disponíveis na internet os cadernos de prova dos dois dias do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os interessados podem consultar e baixar o material no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).
No primeiro dia, os candidatos responderam a 90 questões de ciências humanas e da natureza. Ontem (23), as provas foram de linguagens e matemática, além da redação, cujo tema foi Viver em Rede no Século 21: os Limites entre o Público e o Privado.
Para evitar cola, o Inep faz versões diferentes da prova, cada uma identificada por uma cor. Neste ano, as cores foram azul, branca, amarela rosa e cinza . Todos os cadernos estão disponíveis para download.
O gabarito oficial deve ser divulgado até quarta-feira (25), segundo o edital, mas o Inep pode adiantar a publicação para amanhã. Os resultados individuais dos participantes só serão divulgados em janeiro de 2012.
Fonte:Agência Brasil 24/10/2011

GABARITOS DO ENEM PODEM SAIR HOJE; ENTENDA COMO A NOTA É CALCULADA

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) pode divulgar ainda hoje (25) os gabaritos oficiais do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011. Os candidatos que participaram das provas no fim de semana poderão ter uma noção de seu desempenho, mas a certeza sobre o resultado atingido só em janeiro, quando forem publicados os boletins individuais. Isso porque a a metodologia utilizada no Enem, a Teoria de Resposta ao Item (TRI), tem um esquema complexo para avaliar as habilidades de cada candidato e não depende apenas do número de acertos e erros do estudante, como nos vestibulares tradicionais, mas do nível de dificuldade de cada item.
Uma questão que teve baixo índice de acertos é considerada “difícil” e, portanto, tem mais peso na pontuação final. Aquelas que têm alto índice de acertos são classificadas como “fáceis” e contam menos pontos na nota final do candidato. Dessa forma, dois participantes que acertaram o mesmo número de itens poderão ter médias finais diferentes, dependendo do nível de dificuldade de cada uma dessas questões.
Para o pesquisador do tema e gerente da Avaliação Educacional, Renato Júdice, “tudo que é novo assusta”, mas ele acredita que dentro de algum tempo a população estará mais acostumada com esse modelo. Segundo ele, a vantagem da TRI em relação aos modelos clássicos é que ela vai além da análise de quem acertou mais e permite identificar o que o aluno sabe.
“A TRI procura estimar até que ponto o aluno consegue chegar e não simplesmente se ele acertou ou errou. Essa é a diferença crucial em relação à teoria clássica, que é muito apropriada para o concurso público em que o único objetivo é simplesmente selecionar. A TRI é um modelo mais refinado porque consegue ir além da seleção e me permite dizer o que o aluno sabe ou não”, compara.
Júdice usa uma comparação simples para facilitar a compreensão da teoria. Em uma prova de salto com vara, um competidor consegue sucesso em todas as tentativas com o obstáculo posicionado a 1,5 metro do chão. Já o outro atleta também acerta todos os pulos, mas atinge alturas superiores nos saltos, chegando até a 2 metros. Portanto, o segundo competidor tem uma proficiência melhor do que o primeiro.
“Quantas questões você acertou não me diz muito sobre a sua real dificuldade. Eu preciso ir aumentando o grau de dificuldade para ver até onde você consegue chegar”, explica o pesquisador.
Na TRI não existe uma pontuação máxima e mínima que o candidato pode atingir – com exceção da redação, que não é corrigida por esse modelo e cuja nota varia de 0 a 1000. A partir das notas obtidas pelos participantes, o Inep constrói uma escala de notas máximas e mínimas que permite ao aluno comparar seu desempenho com o dos demais estudantes. Essas informações também são divulgadas com os boletins individuais.
No ano passado, por exemplo, a nota mínima em matemática foi 313,4 e a máxima 973,2 pontos. Já em linguagens variou de 254 a 810, 1 pontos. Em ciências humanas, a maior nota foi 883,7 e a menor 265,1 pontos. Na prova de ciências da natureza os desempenhos variaram entre 297,3 e 844,7 pontos.
Fonte:Agência Brasil 25/10/2011

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

BÚFALOS SEGUEM O SOM DO VIOLINO

Em uma manhã despretensiosa de domingo em 2003, o pecuarista Antônio Carlos Trierweiler descobriu algo que mudaria sua vida. Ao ensaiar com seu violino na varanda de casa, no interior do município de General Câmara, percebeu que a canção Amazing Grace atraía a atenção dos búfalos. Dois animais que pastavam pelas redondezas, fascinados pela melodia, aproximaram-se do criador. Desde então o encantador de búfalos, como vem sendo chamado, usa a música para manejar os rebanhos da propriedade.

A história inusitada ganha o mundo e causa estranheza e fascinação. Para a família, no entanto, a relação dos bubalinos com a melodia já se tornou comum. O pecuarista toca seu violino para reunir os animais e trocá-los de campo no pastoreio rotativo. “Não uso cachorro ou cavalo. São apenas eu e meu violino.” A canção ecoa pelos campos quase diariamente e Trierweiler pode juntar o útil ao agradável. “Repito a música em diferentes tonalidades e eles parecem ficar hipnotizados.” A resposta ao som não acontece com outros animais, como bovinos e equinos.
O curioso, segundo explica, é que o comportamento se repete mesmo com os búfalos que nunca tiveram contato com a música. “Quando entra um lote novo na propriedade, basta que ouçam as notas e a resposta é imediata.” Para Trierweiler, que também é médico veterinário, não há uma explicação concreta sobre esse comportamento. Por outro lado, acredita que a peça musical cause uma sensação de bem-estar aos animais, que também são naturalmente curiosos. “Acho que é algo agradável para eles e talvez funcione como uma espécie de mantra.”

A canção
A música Amazing Grace, em português Graça Maravilhosa, é um conhecido hino protestante composto pelo inglês John Newton. A canção foi impressa pela primeira vez no Newton’s Olney Hymns, em 1779. A melodia já foi interpretada por vários artistas em diferentes épocas. Além disso, também ganhou muitas adaptações para outros idiomas. A versão em português é cantada há muito tempo em diversas igrejas com o nome Segura na Mão de Deus, uma composição de Nelson Monteiro da Mota.

No interior de General Câmara, Antônio Carlos Trierweiler usa os búfalos como montaria desde o ano 2000. “Em outros países a espécie é utilizada com essa finalidade e também como animal de tração”, explica. Em contato com os animais desde que se formou em medicina veterinária, na década de 80, destaca também que eles representam uma boa possibilidade de renda e sustentabilidade para as pequenas propriedades rurais. As fêmeas dão uma cria por ano e ainda fornecem um valoroso leite, que pode ser usado para a fabricação de queijo.

Segundo o pecuarista, é preciso desmitificar a ideia de que os bubalinos são ferozes. Na verdade, segundo explica, eles podem ser extremamente mansos, dependendo apenas do manejo empregado na criação. “Os búfalos têm uma memória muito boa. Quando são bem tratados, respondem da mesma maneira.” Atualmente a família tem quatro animais mansos de montaria, que também servem para lavrar a terra. “Um búfalo tem a mesma força de uma junta de bois.”

Tal pai, tal filho
Com apenas 7 anos, Carlos Augusto Trierweiler segue os passos do pai, o encantador de búfalos. Há alguns anos ele já tem aulas com seu próprio violino e o talento se desenvolve a cada dia. Segundo o pai, a sensibilidade musical do menino é incrível. “Ele tem muita facilidade para tocar o instrumento.” A canção Amazing Grace o pequeno aprendeu sozinho e também já toca para os animais da propriedade.

Fonte:Jornal Gazeta do Sul 19/10/2011

domingo, 23 de outubro de 2011

VER TELEVISÃO OU VÍDEOS NÃO É ACONSELHÁVEL PARA CRIANÇAS MENORES DE DOIS ANOS

 A orientação, baseada em pesquisas que concluíram que a prática pode afetar o desenvolvimento, foi divulgada esta semana pela Academia Americana de Pediatria (AAP). Segundo a instituição, os pais devem estimular as brincadeiras. A diretriz também adverte sobre como os hábitos televisivos dos adultos podem retardar a capacidade de falar dos pequenos. "Os meios de comunicação, tanto em primeiro quanto em segundo plano, têm um efeito potencialmente negativo e nenhum efeito positivo conhecido para as crianças menores de dois anos", atesta o comunicado. "A AAP reafirma suas recomendações de desaconselhar o uso de meios deste tipo nesta faixa etária."
O pediatra Ari Brown explica que esta atualização da recomendação – a anterior datava da década de 90 – era necessária devido ao aumento do número de lançamentos em DVD para crianças de até dois anos e pelo fato de quase 90% dos pais reconhecerem que seus filhos têm passatempos desse tipo. Os estudos citados agora indicam que os adultos interagem menos quando a televisão está ligada e que uma criança que brinca em frente ao aparelho – mesmo que o volume não esteja muito alto – olhará para a tela três vezes por minuto.


– Quanto menos tempo se dedica a uma criança, mais pobre é a sua linguagem – afirma Brown.


Para a AAP, nem mesmo os chamados vídeos educativos são benéficos. "Um espaço de brincadeiras livre é mais valioso para o desenvolvimento cerebral do que qualquer exposição a meios de comunicação eletrônicos", conclui a diretriz.
Fonte:DONNA ONLINE ZH22/10/2011

DEZ DICAS PARA UMA COZINHA SUSTENTÁVEL

Deixar louça de molho, limpar atrás da geladeira, tampar as panelas… São ações pequenas que colaboram com o meio ambiente.

Para muitos, a cozinha é a melhor parte da casa. Lugar não apenas das refeições, ela consegue reunir a família de forma aconchegante e descontraída. Então que tal transformar a sua cozinha em um ambiente mais sustentável? Reunimos dez dicas simples de como colocar essa ideia em prática.
1 – Limpe o condensador da sua geladeira e mantenha a temperatura regulada
A geladeira é, sem dúvida, um dos eletrodomésticos mais úteis e essenciais dentro de uma casa. Porém, ela é também uma das maiores responsáveis pelo consumo de energia. Limpar as bobinas do condensador pode reduzir em 30% o consumo de eletricidade.
Segundo o site Daily Tips, a poeira que geralmente se acumula nessa parte da geladeira pode aumentar o consumo de energia do equipamento. Por isso, arraste sua geladeira de vez em quando e passe um pano seco ou um espanador onde estiver sujo.
Outra dica é manter a temperatura do equipamento regulada. A geladeira não precisa estar a menos de 3ºC e o freezer pode ficar a -15ºC. Menos do que isso é gasto de energia e dinheiro desnecessário. E se seu equipamento não tiver um termômetro embutido, vale a pena investir em um.

2 – Cozinhe em quantidade e congele
Separe um dia para preparar várias refeições para todo o mês ou a semana. Depois basta guardar no freezer e reaquecer no dia de consumi-la. Essa prática ajuda a economizar tempo, ingredientes e energia.
Cada vez que você vai para a cozinha preparar uma refeição você consome uma enorme quantidade de água, eletricidade (geladeira, microondas, liquidificadores, etc), gás e também de alimentos, já que sempre sobra um pedaço de legume ou um punhado de tempero que termina no lixo.

3 – Descongele os alimentos naturalmente
Na hora de descongelar, nada de microondas. Para quê gastar eletricidade se podemos fazer isso naturalmente? Basta retirar os alimentos do congelador um pouco antes e aguardar.
Você pode deixar o alimento em ambiente natural para acelerar o descongelamento (lembre-se sempre de mantê-lo protegido de moscas e outros insetos) ou na geladeira, para que degele aos poucos.

4 – Desentupa a pia sem produtos químicos
O ralo da pia entupiu? Nada de pânico ou produto químicos. É possível fazer a água voltar a correr sem precisar apelar para essas substâncias. Para começar, procura usar o velho desentupidor. Caso ele não resolva o problema, tente as seguintes opções.
• Primeiro solte a gordura, jogando água fervente na pia entupida.
• Se isso não resolver o problema, pegue um desentupidor e encha a pia com alguns centímetros de água.
• Cubra com uma mão a saída auxiliar, se houver, para manter a pressão, e então aperte com força o desentupidor, para empurrar a água cano abaixo.
Problema resolvido, sem nenhum produto químico!

5 – Mantenha o microondas desligado
O forno microondas funciona apenas por alguns minutos do dia, mas costuma permanecer ligado o tempo todo. Retirá-lo da tomado após esquentar a comida é uma opção para poupar energia e economizar na conta de luz.
É como se o forno continuasse ligado e consumindo gás, mesmo após o preparo das refeições. Portanto, lembre-se de retirá-lo da tomada quando não estiver em uso e ligue-o de volta apenas na hora de esquentar o almoço e preparar a pipoca.

6 – Use esponjas vegetais
Sabe aquela esponja de limpeza que a maioria das pessoas usa para lavar a louça? Pois bem, saiba que ela é feita de produtos derivados do petróleo e, portanto, não ajuda em nada o meio ambiente quando é descartada. Por isso, prefira as buchas vegetais.
Elas são feitas com fibras 100% naturais, ou seja, são totalmente biodegradáveis. Além disso, ela é mais barata, durável, higiênica (já que dificulta o acúmulo de bactérias) e ainda pode ser higienizada e reaproveitada após um determinado tempo de uso.
Basta fervê-la em água ou mergulhá-la em uma solução de água e cloro por 30 minutos para deixá-la livre de bactérias e branquinha novamente.

7 – Deixe a louça de molho
Uma boa dica para poupar água e ainda utilizar menos detergente é deixar louças, talheres e panelas de molho por alguns minutos antes de lavar. A água irá facilitar a limpeza e você não precisará deixar a torneira aberta por tanto tempo, nem utilizar tantos produtos químicos.
Quando for lavar a louça, tampe o ralo da pia ou coloque tudo dentro de um balde com água. Depois de um tempo, retire os pratos, talheres e panelas e lave como de costume. Mas lembre-se, mantenha a torneira fechada sempre que estiver ensaboando e use a menor quantidade possível de detergente.

8 – Feche a porta da geladeira
Depois de pegar ou guardar algo na geladeira, certifique-se de que ela ficou bem fechada e não deixe a porta aberta por muito tempo. Quando isso acontece, a temperatura no interior do aparelho sobe e ele tem que trabalhar mais para compensar, gastando mais energia.
Alguns equipamentos possuem um sistema de trava, que impede que a porta se abra imediatamente após ser fechada. Ele faz isso para regular a temperatura no seu interior e manter os alimentos frescos e o seu funcionamento em dia. Portanto, nada de forçar para que ele abra.
Outra medida importante é checar periodicamente se a borracha de vedação está em bom estado. Uma dica é colocar uma folha de papel na porta da geladeira e fechá-la. Se a folha ficar presa é porque a borracha está em boas condições, se ela escorregar é porque a vedação já precisa de um reparo.

9 – Não descarte óleo de cozinha na rede de esgoto
Após preparar as refeições, não jogue o óleo de cozinha pelo ralo na pia, já que isso pode entupir as tubulações e contaminar a água. Em vez disso, junte o óleo e entregue-o para a reutilização e reciclagem.

10 – Tampe as panelas e não abra a porta do forno
Parece óbvio, não é? E é mesmo! Ao tampar as panelas enquanto cozinha você aproveita o calor que simplesmente se perderia no ar. Com isso você economiza gás e ainda garante que seu almoço ficará pronto mais cedo.
Outra boa idéia é cozinhar na panela de pressão. Acredite, dá pra fazer de tudo ali: feijão, arroz, macarrão, carne, peixe, etc. É muito mais rápido e você pode economizar até 70% de gás.
Outra dica importante é evitar abrir a porta do forno para olhar o que está lá dentro. Isso desperdiça muito calor, o que faz com que o equipamento tenha que ficar ligado por mais tempo, consumindo mais energia.
Uma boa maneira de saber como está o preparo do alimento sem precisar abrir a porta do forno é utilizando a luz interna. Equipamentos com temporizador também permitem monitorar o cozimento sem precisar abrir a porta o tempo todo.
Você ainda pode desligar o forno um pouco antes do tempo previsto. O equipamento manterá a temperatura interna alta durante algum tempo, o que permite que o prato fique pronto utilizando menos energia.
 Mercado Ético
Fonte:Voluntários on Line

O LEGADO DA SUSTENTABILIDADE DEIXADO POR STEVE JOBS

Após denúncia que seus produtos continham substâncias tóxicas, melhorias nos produtos da Apple tornaram a marca mais ecologicamente correta.

Na noite de 5 de outubro, o mundo se comoveu com a notícia da morte do fundador da Apple, Steve Jobs. Dono de uma personalidade marcante e revolucionária, Jobs mudou a forma de consumir produtos eletrônicos e deixou uma legião de fãs inconsoláveis. Seus produtos se tornaram objetos de desejo e estimularam o consumismo, mas também mostraram como as tecnologias podem ser eficientes e estimular causas nobres.
Em 2006, um estudo divulgado pela ONG Greenpeace alertou que os laptops da companhia continham substâncias tóxicas perigosas à saúde. O que se viu depois disso foi uma série de melhorias nos equipamentos da Apple em busca de reduzir os danos à saúde dos consumidores e do planeta.
Em 2007, Steve Jobs chegou a escrever uma carta aberta ao público em que admitia as falhas da empresa nessa área e determinava a remoção de materiais químicos perigosos dos seus produtos. Três anos depois, um novo dado da ONG apontou que os produtos da empresa de Steve Jobs foram considerados “livres de substâncias danosas”.
Dos 2.6 pontos (dentre 10 possíveis) obtidos no primeiro relatório, a nota da Apple já subiu para 4.9 – o que ainda não é bom, destaca o Greenpeace. Apesar de elogiar a atuação da empresa no que diz respeito à redução do uso de substâncias tóxicas, a ONG alerta que a empresa ainda precisa se posicionar publicamente quanto à tentativa de proibição de alguns materiais químicos em alguns países e quais os seus planos com relação a isso.

MacBook Pro e iPad
Uma das maiores ferramentas da Apple na luta por se tornar uma empresas mais sustentável é o MacBook Pro. Lançado em 2008, o laptop de Steve Jobs é comercializado com o slogan de “o mais ecológico da história”. Altamente eficiente, a máquina consome apenas um terço da energia de uma lâmpada quando ligado. Além disso, não possui mercúrio, PVC nem arsênico na sua composição e é manufaturado em monobloco, o que facilita que as peças do computador sejam reutilizadas quando o equipamento for descartado.
O último lançamento de Jobs, o iPad, também é livre de uma série de produtos tóxicos, como arsênico, poluente BRF, mercúrio e PVC, possui alumínio e vidro na sua composição, o que o torna potencialmente reciclável, e possui alta eficiência energética – a bateria do produto pode aguentar 10 horas de vídeo e até um mês em stand-by (tempo realmente surpreendente).

Aplicativos e leitura digital
Com a popularização dos aparelhos vendidos por Jobs, aumentou também o número de leitores de e-book, ou livros digitais. Com o iPad, ficou mais fácil e confortável ler livros, jornais, revistas e documentos sem precisam usar uma única folha de papel.
Além dos livros, na loja virtual da Apple é possível encontrar milhares de aplicativos que podem ser usados em iPads, iPhones e iPods – muitos dos quais trazem a sustentabilidade como tema principal.
Assim, seja para descobrir se aquele produto no supermercado é produzido de forma responsável, para se atualizar das novidades do mundo da sustentabilidade ou apenas para se divertir enquanto joga um game que alerta para os danos causados pela produção de gadgets ao redor mundo, os aplicativos do iTunes já se tornaram uma ferramenta a favor da conscientização dos consumidores.

Emoções e experiências
Para muitos, mais que um simples empresário ou criador, Jobs ficará marcado como um homem que compreendeu que para conectar pessoas a qualquer coisa é preciso mexer com as emoções e experiências. Para o comediante britânico Stephen John Fry, Jobs compreendia que, como seres humanos, nossa primeira relação com qualquer coisa é a emocional.
Essa sensibilidade deveria ser incorporada a outras iniciativas, como as que lutam por causas nobres, opina o fotógrafo e escritor nova-iorquino, Matthew McDermott. “Em primeiro lugar somos seres emocionais. Mas ainda assim, quando falamos sobre clima, energia, biodiversidade, muitas vezes tentamos apelar para a razão, para o intelectual. Isso não funciona”, defendeu em um artigo publicado no site Treehugger.

“Cultivar o amor, a compaixão, todo vínculo emocional importante que Jobs aplicava tão bem no campo da tecnologia. Aplicar isso ao ambientalismo, seja em escala global ou local, aos sinais exteriores de uma baixa emissão de carbono, ao eco-friendly, e à sustentabilidade ecológica e social vai aparecer naturalmente”, concluiu.

 omeioambienteecultura.blogspot.com
Acesso em: 10/10/11
Pesquisado por Júnia C. Teixeira – Voluntária On line
Fonte:Voluntários on line

sábado, 22 de outubro de 2011

CINZAS VULCÂNICAS ATINGEM A REGIÃO CARBONÍFERA

Devido a uma mudança na direção dos ventos, as cinzas do vulcão chileno Puyehue, em atividade desde junho deste ano, voltaram a atingir o sul do país. Na última terça-feira, 18, quem circulou pelas cidades da Região Carbonífera percebeu uma névoa pairando no ar. A poeira atingiu carros, árvores e causou desconforto para as pessoas, como irritação nos olhos e na garganta.
O Centro Estadual da Vigilância em Saúde fez um alerta quanto à presença de cinzas vulcânicas no ar do Estado. Apesar da situação atual não representar um problema de maior gravidade, pessoas mais vulneráveis aos impactos causados pela poluição atmosférica (pneumopatas, cardiopatas, crianças e idosos) devem tomar alguns cuidados. Essas pessoas são as mais suscetíveis a desenvolver problemas devido às cinzas. A equipe de Vigilância em Saúde Ambiental relacionada à Qualidade do Ar, da Secretaria da Saúde do Estado, seguirá acompanhando a situação.
De acordo com a Somar Meteorologia, a quantidade de cinzas agora sobre o Estado é ínfima e as partículas devem ser afastadas nos próximos dias, independente de chuva, por correntes de vento de Oeste que trarão ar quente.
Fonte Jornal Portal de Notícias 21/10/2011

CANDIDATA DO ROTARY SELECIONADA PARA INTERCÂMBIO NOS ESTADOS UNIDOS

Wanessa Baum dos Santos, 25 anos, professora da rede estadual de ensino, indicada pelo Rotary Club General Câmara, foi uma das quatro jovens profissionais selecionadas pelo Distrito 4680 do Rotary Internacional para participar de Intercâmbio de Grupo de Estudos (IGE), programa de intercâmbio cultural entre países, patrocinado pela Fundação Rotária do Rotary Internacional, que vai ocorrer de 25 de fevereiro a 1º de abril de 2012, no estado da Carolina do Sul, nos Estados Unidos.
Do IGE podem participar profissionais, principalmente em início de carreira, para conhecer as técnicas e metodologias ligadas à sua profissão, assim como a cultura e o dia a dia de povos de outros países. Durante um período que pode variar entre quatro e seis semanas, um grupo formado por quatro profissionais é colocado em contato com profissionais, empresas, órgãos governamentais e outras entidades do país visitado, enriquecendo e ampliando a visão pessoal e profissional de cada um dos participantes do programa. Os participantes ficam hospedados em casas de famílias anfitriãs, permitindo conhecer o dia a dia e a cultura daquele povo.
Voltado para jovens profissionais da comunidade, o participante deve ter idade entre 25 e 40 anos, estar empregado em empresa reconhecida, sendo empregado há pelo menos dois anos na ocasião da inscrição e estar com a intenção firme de continuar na empresa para que as experiências adquiridas possam ter forte impacto sobre a sua carreira profissional. Além disto, deve demonstrar interesse e entusiasmo pela sua profissão, além de possuir conhecimentos profissionais acima da média, ser aberto a novas idéias e ser fluente no idioma do país que será visitado.
Em uma disputada seleção realizada neste mês de outubro, na cidade de Santa Cruz do Sul, atual sede do Distrito 4680, além de Wanessa Baum dos Santos, indicada pelo Rotary Club General Câmara, foram selecionados para as quatro vagas do intercâmbio 2011-2012, candidatos de Clubes de Rotary das cidades de Vera Cruz, Pelotas e Porto Alegre.

Fonte:Jornal Portal de Notícias 21/10/2011

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

PF APREENDE AREIA RETIRADA DO RIO JACUÍ

A Polícia Federal divulgou ontem o balanço da operação de fiscalização de embarcações que atuam na extração de areia ao longo do leito do rio Jacuí. Mais de 80 quilômetros foram percorridos na quarta-feira passada, com o objetivo de identificar a extração irregular do minério, quando a dragagem é feita fora da distância regulamentar da margem, prevista na legislação ambiental, ou por empresas que não possuem licença ou concessão para a exploração.
A ação teve apoio da Brigada Militar e da Delegacia de Repressão a Crimes contra o Meio Ambiente, da Polícia Federal. Pelo menos 30 embarcações foram utilizadas para operar entre Porto Alegre e General Câmara. Durante a fiscalização, uma draga de sucção, carregada com 257 metros cúbicos de areia, foi apreendida por estar com a licença de operação vencida. O proprietário vai responder por extração de recursos minerais irregular.
Já a empresa concessionária da área de onde a areia foi retirada será investigada. As informações serão repassadas à Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) para que sejam tomadas as medidas administrativas. De acordo com a Polícia Federal, a extração de areia fora dos limites estabelecidos causa danos irreparáveis ao meio ambiente, como, por exemplo, a degradação das margens dos rios e o desaparecimento de praias e ilhas, com prejuízos à fauna e à flora da região.

As ações de fiscalização serão intensificadas com a instalação da base do Grupo Especial de Polícia Marítima da Polícia Federal às margens do Guaíba.
Fonte:Jornal Correio do Povo 21/10/2011

ENEM JÁ COMPÕE VESTIBULAR DE QUASE TODAS UNIVERSIDADES FEDERAIS

Quase todas as universidades federais vão utilizar as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para selecionar os alunos que ocuparão as vagas oferecidas para o primeiro semestre de 2012. A adesão à prova cresce a cada ano, mas a forma como cada instituição aproveita o resultado do Enem varia.
Enquanto algumas instituições optaram por extinguir o vestibular e utilizar o exame como única forma de seleção, como a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), outras reservam apenas parte das vagas para o Enem e mantêm seus processos seletivos próprios. A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por exemplo, destina 5% das vagas para o exame, enquanto a de Viçosa (UFV) reserva 80% para o Enem e 20% para o seu processo de avaliação seriada.
Outro formato adotado é a substituição da primeira fase do vestibular pela prova do Enem, como faz a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) desde o ano passado. “Um dos nossos objetivos [ao aderir ao Enem] era capilarizar o vestibular e isso de fato aconteceu. Tivemos candidatos de todas as partes do país e isso é muito bom em termos de mobilidade”, avalia a pró-reitora de Graduação da instituição, Antônia Vitória Aranha.
Segundo ela, a universidade não descarta a possibilidade de, no futuro, substituir totalmente o processo seletivo pelo Enem. “Por enquanto, mantemos a segunda fase, mas entendemos que a tendência é que haja um processo unificado no país inteiro. Não diria que essa decisão será daqui a um ou dois anos, a UFMG é uma universidade mais tradicional que zela muito pelo seu processo seletivo. Mas o Enem, sem dúvida, é um avanço”.
Outras instituições aderiram ao exame de forma mais tímida. A Universidade de Brasília (UnB) utiliza o Enem apenas para preencher vagas remanescentes do seu vestibular tradicional. Em outras universidades, uma das possibilidades oferecidas ao candidato é utilizar o resultado do Enem para melhorar a nota do vestibular. Na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), por exemplo, o participante faz a primeira fase e a nota do Enem pode compor 20% do resultado final.
“A gente ainda não discutiu a possibilidade de o Enem vir a substituir completamente a nossa primeira fase. Isso depende primeiro que haja uma estabilidade que nos permita acompanhar os resultados e compará-los com o da nossa primeira fase. Mas o Enem tem todas as características de uma boa prova”, avalia Maurício Kleinke , coordenador executivo da Comissão de Vestibular da Unicamp.
As universidades públicas que aderem ao Enem como fase única – seja com todas as vagas ou parte delas – participam do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), ferramenta criada pelo Ministério da Educação (MEC) para unificar a oferta e os processos de seleção. De posse da nota, o candidato pode se inscrever em diferentes instituições, avaliando qual é a sua chance de ser aprovado a partir das notas de corte divulgadas. O total de vagas que serão oferecidas no Sisu para o primeiro semestre de 2012 só será divulgado em janeiro, quando o sistema deve entrar no ar. No primeiro semestre de 2010, 83 instituições participaram do sistema, com 83 mil vagas disponíveis
Fonte:Agência Brasil 21/10/2011

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

POLICIAIS FEDERAIS FLAGRAM EXTRAÇÃO ILEGAL DE AREIA DO LEITO DO RIO JACUÍ

Cerca de 30 embarcações estavam operando ilegalmente na região.
PF apreendeu 257m³ de areia em draga com licença vencida.

Policiais federais flagraram, nesta quarta-feira (19), embarcações que faziam extração ilegal de areia do leito do Rio Jacuí, entre as cidades de Porto Alegre e General Câmara (RS). A fiscalização foi feita em cerca de 80 quilômetros de extensão do rio.

Em levantamentos preliminares realizados com o apoio da Brigada Militar, policiais federais da Delegacia de Repressão a Crimes contra o Meio Ambiente identificaram 30 embarcações operando ilegalmente na região.

Uma draga carregada de 257 m³ de areia foi apreendida por estar com a licença de operação vencida. O proprietário foi levado para a Superintendência da Polícia Federal. A Fundação Estadual de Proteção Ambiental foi informada sobre o caso para tomar as medidas administrativas necessárias.
Fonte:G1-Globo

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

A PRAIA É AMBIENTE NATURAL DE LEÕES E LOBOS-MARINHOS

Nos últimos dias, tem sido frequente a presença de lobos-marinhos na beira da praia do Cassino e a reação de muitos populares ao vê-los tem preocupado o Núcleo de Educação e Monitoramento Ambiental (Nema). O coordenador do Projeto Mamíferos Marinhos do Litoral Sul, do Nema, oceanólogo Kléber Grübel da Silva, observa que, na chegada do inverno, a corrente de águas provenientes do Sul (das Malvinas) traz com ela sua fauna característica. Além dos cardumes de enchova, dos pinguins-de-Magalhães e da baleia Franca, várias espécies de pinípedes, como focas, leões-marinhos e lobos-marinhos, vêm à costa gaúcha para descansar e se alimentar. E neste mês e no próximo, eles retornam para as águas uruguaias. Em função disso, muitos aparecem nas praias para descansar ou debilitados e a comunidade se mostra meio confusa sobre como proceder em relação a eles.
O oceanólogo diz que, este ano, devido ao inverno ter sido bem típico, com as correntes costeiras e frios bem marcados e sincronizados, o litoral gaúcho foi utilizado principalmente por grande quantidade de filhotes de lobos-marinhos. Por isso, a ocorrência deles na praia está se dando com maior frequência. "É principalmente nesta época que, ao passearmos pela beira da praia do Cassino, podemos encontrar uma destas espécies à beira-mar, descansando de suas longas migrações. Precisamos compreender que a praia e a região costeira são os ambientes naturais desses animais. Nunca devemos tentar colocá-los de volta no mar ou capturá-los. A menos que apresentem algum ferimento, eles estarão muito melhor na beira da praia do que em qualquer centro de reabilitação", orienta.
Conforme Silva, o balneário Cassino é um dos melhores lugares para observarmos os pinípedes em seu ambiente natural. Portanto, quem encontrar uma dessas espécies na orla, deve ter o cuidado de não perturbá-las. Para uma convivência harmônica e uma boa observação desses mamíferos, o ideal é manter distância mínima de cinco metros deles, evitar gritos e movimentos bruscos e não jogar objetos ou cutucá-los. Também não se deve tentar capturá-los, pois eles podem se tornar agressivos, quando assustados, ou transmitir algumas doenças por contato, como tuberculose. Deve-se ainda evitar a aproximação de cachorros que podem perturbá-los ou machucá-los. Os motoristas não devem parar o carro ao lado deles e precisam ter cuidado para não os atropelar.
As pessoas também podem avisar o Nema (53)3236.2420 ou o Museu Oceanográfico (53)3232.9107, que técnicos dessas instituições irão até o local, o mais rápido possível, para averiguar as condições de saúde do animal e avaliar a necessidade de algum tratamento emergencial. Caso o Pinípede precise de maiores cuidados, será removido para o Centro de Reabilitação de Animais Marinhos (Cram) do Museu Oceanográfico. "Em um ecossistema cada vez mais pressionado por atividades humanas de grande impacto - construções, poluição, lixo e tráfego de veículos -, eles são símbolos de beleza e exemplo de harmonia com a natureza. O aparecimento deles em nossas praias indica ainda boa qualidade ambiental em nossa orla", salienta Silva.

Por Carmem Ziebell
carmem@jornalagora.com.br
Fonte:Jornal Agora 16/10/2011

ROBÔ É ATRAÇÃO NA SEMANA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Montar um cubo de Rubik, ou cubo mágico, em apenas 15 minutos é tarefa difícil para os seres humanos, mas simples para um robô. Esse é o tempo médio que um protótipo, desenvolvido por estudantes do Instituto de Informática da Universidade Federal do RS (Ufrgs), leva para decifrar a combinação. A experiência está em exposição, pela primeira vez, no Memorial da Fundação de Ciência e Tecnologia (Cientec), até o dia 21 deste mês, durante a programação da Semana Estadual de Ciência e Tecnologia.

Construído a partir de um kit de robótica, com peças de Lego, o robô é usado por alunos para montar projetos simplificados. O estudante Jonathas Harb, 20 anos, que integra o Programa de Educação Tutorial (PET) Computação da Ufrgs, explica que uma câmera acoplada ao equipamento identifica as cores e indica a combinação a ser realizada. O robô executa a solução girando as faces do cubo. A iniciativa, segundo o estudante, ainda será aperfeiçoada e integrará as comemorações do centenário de nascimento do cientista britânico Alan Turing, em 2012. O Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) liberou R$ 50 mil para a atividade.

O secretário estadual de Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico, Cleber Prodanov, destacou que, entre os diversos trabalhos, o projeto se destacou por trazer o ícone da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (que ocorre concomitantemente à programação estadual) e pela eficiência na popularização da ciência. As atividades na Cientec continuam hoje, a partir das 14h. Inscrições gratuitas e contato por meio do fone (51) 3287-2056.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

ASMURC REALIZOU REUNIÃO EM BUTIÁ

A Associação de Municípios da Região Carbonífera (Asmurc) realizou reunião ordinária na manhã desta quinta-feira, 6, no município de Butiá. Além do presidente da Asmurc e prefeito de Butiá, Paulo Machado, estiveram presentes os prefeitos Davi Gilmar de Souza Abreu de Charqueadas, Darci Freitas de General Câmara, Odone Kloppemburg de Barão do Triunfo e José Hélio Sifuentes de Arroio dos Ratos. O secretário de Saúde de São Jerônimo, Luciano Von Saltiel, representou o prefeito Marcelo Schreinert e Eduardo César Martins, da secretaria de Turismo de Triunfo, representou o prefeito Pedro Francisco Tavares.
Os prefeitos deliberaram assuntos como a Emenda 29 e seus recursos, ISSQN, Folhas de Pagamento, royalties do Pré Sal, Saneamento Básico dos municípios e Consórcio Regional de Saúde.
O prefeito de General Câmara, Darci Freitas, fez a divulgação da nova unidade da Uniasselvi (Centro Universitário Leonardo da Vinci) que está instalada em seu município e inicia suas atividades oferecendo três cursos de pós-graduação na modalidade presencial. Freitas comemorou a vinda de mais uma universidade para a Região Carbonífera, trazendo desenvolvimento e proporcionando qualificação profissional para a população. Ele também solicitou apoio dos demais prefeitos da Asmurc para divulgação da universidade e para implantação de novos cursos.
O ponto alto da reunião foi quando os prefeitos deliberaram sobre os dados de aplicações na área da saúde, divulgados pelo Tribunal de Contas do Estado e noticiados pela mídia. Os prefeitos disseram que é importante que a comunidade entenda que os municípios investiram mais do que o previsto por lei, enquanto o investimento do Estado e da União não atingiu a quota mínima. Segundo o secretário de Saúde de São Jerônimo, Luciano Von Saltiel, isso faz com que as verbas que os municípios investem em Saúde acabem faltando em outras áreas fundamentais. Os prefeitos protestaram contra a imprensa local, que classificaram como tendenciosa e sensacionalista ao divulgarem as informações sem buscarem o contraponto dos municípios.

Próxima reunião da Asmurc ocorrerá em Triunfo, durante o Triunfo em Festa

A próxima reunião da Asmurc ocorrerá na quarta-feira, 26, no Parque de Exposições Camboatá, no primeiro dia do evento “Triunfo em Festa”. Para esta reunião o presidente da Asmurc, Paulo Machado, convocará secretários de Saúde, de Cultura e de Meio Ambiente dos nove municípios integrantes da Asmurc para realizem reuniões paralelas a fim de deliberarem assuntos urgentes relacionados a projetos que possuem prazos para serem desenvolvidos pelos municípios nessas três áreas. ...
Fonte:Jornal Eco do Jacuí

sábado, 15 de outubro de 2011

AOS MESTRES, NOSSO RECONHECIMENTO

Hoje é um dia especial para todos nós, pois temos uma data destinada a homenagear um profissional marcante em nossas vidas. Trata-se do professor, ao qual somos reconhecidos por ter nos transmitido, em cada momento das nossas trajetórias, o conhecimento necessário para melhorarmos como pessoas e como cidadãos. Tudo o que somos e até mesmo os bens materiais que temos nós os devemos a alguém que nunca poupou esforços para que fôssemos capazes de sobreviver com dignidade.

O Brasil vive atualmente uma fase de crescimento econômico, mas a educação ainda não chegou ao nível que precisamos para que possamos aproveitar todas as oportunidades que se descortinam interna e externamente. O próprio ranking educacional elaborado pela Organização das Nações Unidas nos mostra que ainda precisamos avançar muito, pois o país está hoje na 88 colocação, totalmente desproporcional ao tamanho da sua economia, hoje entre as dez maiores do planeta. Para diminuir esse hiato entre o aprendizado e as possibilidades que temos pela frente, é imperativo qualificar nosso sistema de ensino, tarefa essa que somente será exequível se contarmos com a adesão do professor, personagem de destaque em uma sala de aula.

A valorização da condição de educador, não obstante os discursos de candidatos nas sucessivas campanhas eleitorais, ainda não se traduz num salário compatível com suas necessidades. Isso faz com que a profissão seja pouco atraente, resultando em que hoje é muito raro um jovem dizer que pretende cursar uma faculdade para lecionar. O desafio é inverter essa lógica e garantir aos mestres uma boa condição para ensinar, com vencimentos adequados ao cargos que ocupam. Do contrário, teremos um apagão educacional em pouco tempo, com consequências imprevisíveis, implicando alto custo para o país.Fonte:Jornal Correio do Povo 15/10/2011

15 DE OUTUBRO - DIA DO PROFESSOR

O Dia do Professor é comemorado no dia 15 de outubro. Mas poucos sabem como e quando surgiu este costume no Brasil.

No dia 15 de outubro de 1827 (dia consagrado à educadora Santa Tereza D’Ávila), D. Pedro I baixou um Decreto Imperial que criou o Ensino Elementar no Brasil. Pelo decreto, “todas as cidades, vilas e lugarejos tivessem suas escolas de primeiras letras”. Esse decreto falava de bastante coisa: descentralização do ensino, o salário dos professores, as matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até como os professores deveriam ser contratados. A idéia, inovadora e revolucionária, teria sido ótima – caso tivesse sido cumprida.

Mas foi somente em 1947, 120 anos após o referido decreto, que ocorreu a primeira comemoração de um dia dedicado ao Professor.

Começou em São Paulo, em uma pequena escola no número 1520 da Rua Augusta, onde existia o Ginásio Caetano de Campos, conhecido como “Caetaninho”. O longo período letivo do segundo semestre ia de 01 de junho a 15 de dezembro, com apenas 10 dias de férias em todo este período. Quatro professores tiveram a idéia de organizar um dia de parada para se evitar a estafa – e também de congraçamento e análise de rumos para o restante do ano.

O professor Salomão Becker sugeriu que o encontro se desse no dia de 15 de outubro, data em que, na sua cidade natal, professores e alunos traziam doces de casa para uma pequena confraternização. Com os professores Alfredo Gomes, Antônio Pereira e Claudino Busko, a idéia estava lançada, para depois crescer e implantar–se por todo o Brasil.

A celebração, que se mostrou um sucesso, espalhou–se pela cidade e pelo país nos anos seguintes, até ser oficializada nacionalmente como feriado escolar pelo Decreto Federal 52.682, de 14 de outubro de 1963. O Decreto definia a essência e razão do feriado: "Para comemorar condignamente o Dia do Professor, os estabelecimentos de ensino farão promover solenidades, em que se enalteça a função do mestre na sociedade moderna, fazendo participar os alunos e as famílias".

Dia do Professor em outros países:
Estados Unidos: National Teacher Day – na terça–feira da primeira semana completa de Maio.
World Teachers’ Day – UNESCO e diversos países – 5 de Outubro
Tailândia – 16 de Janeiro
Índia – 5 de Setembro
China – 10 de Setembro
México – 15 de Maio
Taiwan – 28 de Setembro
Argentina – 11 de Setembro
Chile – 16 de Outubro
Uruguai – 22 de setembro
Paraguai – 30 de Abril
Fonte:http://verdesmares.globo.com/saladeaula/noticias.asp?codigo=236427&modulo=857

PRORROGADAS INSCRIÇÕES DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIASSELVI

As inscrições dos cursos de pós-graduação da Uniasselvi (Centro Universitário Leonardo da Vinci) em General Câmara, que encerrariam hoje, foram prorrogadas para a próxima sexta-feira, 21.
Segundo Abi Cavalli, da Assessoria Empresarial Cavalli, a instituição oferece os cursos de Orientação Educacional, Psicopedagogia Clínica e Institucional e Supervisão Educacional.
- As aulas acontecerão de forma presencial, durante as sextas-feiras à noite e nos sábados pela manhã e tarde, a cada 15 dias, no prédio do antigo Fórum, na Praça Eurico Gaspar Dutra. Os cursos iniciam também no dia 21, com a realização da aula inaugural – afirma Abi. As matrículas podem ser realizadas através do site www.servi.adm.br ou através da Secretaria de Educação de General Câmara, na rua Januário Batista, 531 ou pelo telefone 51 3655 1959.
A matrícula para os cursos de pós-graduação custam R$ 98. As qualificações duram aproximadamente 400 horas, variando conforme a grade curricular de cada curso. Os cursos tecnólogos e de graduação ainda precisam de aprovação do Ministério da Educação para serem implantados. Conforme previsão, a liberação deverá ocorrer até o final deste ano.
Sobre a Uniasselvi
O Centro Universitário Leonardo da Vinci, integra o Grupo Uniasselvi. Conta com mais de 65 mil acadêmicos e comemorou, em 2009, dez anos de fundação de sua primeira unidade. No Ensino a Distância, o grupo já possui mais de 40 polos de apoio presencial distribuídos em 11 estados do Brasil. No RS, são seis polos de educação, na modalidade EAD.

Fonte:Jornal Portal de Notícias 14/10/2011

ALUNO DO SENAI GANHA MEDALHA DE OURO EM TORNEIO MUNDIAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

Um aluno da Escola de Joalheria do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) do Rio, Rodrigo Ferreira Silva, de 20 anos, ganhou medalha de ouro no 41º WoldSkills, o maior torneio de educação profissional do mundo, cujas provas foram realizadas entre os dias 5 e 8 deste mês em Londres, na Inglaterra.
“Eu vejo como uma grande porta aberta para ingressar no mercado de trabalho. E uma única chance de participar de um evento tão grandioso como esse”, disse Rodrigo Silva à Agência Brasil.
Como prêmio, ele e mais dez alunos do Senai que receberam medalhas de ouro, prata e bronze em suas áreas passarão a ser instrutores da entidade e receberão bolsas de estudo para um curso universitário e para cursos técnicos no exterior.
O Brasil terminou em segundo lugar geral, atrás da Coreia do Sul e à frente de países desenvolvidos. Esta é a segunda vez que o país ocupa a segunda posição no ranking dos melhores em educação profissional no mundo. A primeira foi em 2007, no Japão.
Rodrigo disputou com 14 estudantes a confecção de dois pingentes de ouro, seguindo modelo de uma peça de um designer francês, escolhida para o certame. Filho de um segurança de uma rede de joalherias, ele se interessou pela profissão ao visitar o setor de jóias da empresa em que o pai trabalha.
Entrou no Senai em 2008 e teve o desempenho reconhecido pelos professores. Acabou disputando a Olimpíada do Conhecimento, que é o torneio nacional de educação profissional realizado pelo Senai, obtendo direito a ocupar vaga na delegação de competidores do Brasil no WorldSkills.
O país foi representado por 28 estudantes, que competiram em 25 profissões. Desse total, 23 eram alunos do Senai. A competição reuniu 944 estudantes de cursos técnicos profissionalizantes de 51 países. Os próximos torneios ocorrerão em 2013, em Liepzig, na Alemanha, em 2015, em Madri, na Espanha, e em 2017, possivelmente no Brasil. A pré-candidatura do país foi anunciada no último domingo (9), informou a assessoria de imprensa da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

Fonte:Agência Brasil 14/10/2011

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

ALUNOS CONQUISTAM PRÊMIO MUNDIAL

Os dois estudantes brasileiros com o melhor desempenho do mundo em Mecatrônica chegaram ontem a Porto Alegre com as medalhas de ouro conquistadas no WorldSkills 2011. O maior torneio internacional de formação profissional, em Londres (Inglaterra) teve a participação de 944 competidores de 51 países.

Os gaúchos Maicon Pasin e Christian Alessi, do Centro Tecnológico de Mecatrônica Senai, de Caxias do Sul, receberam, também, a distinção Albert Vidal, da organização do evento, como melhor pontuação obtida dentro da delegação brasileira.

O Brasil ficou em 2 lugar geral, atrás apenas da Coreia do Sul e à frente de Japão, Suíça e outros países desenvolvidos. Os competidores brasileiros ganharam seis medalhas de ouro, três de prata, duas de bronze e dez certificados de excelência. "Esse resultado mostra que as escolas do Senai são um exemplo a ser copiado e que podem colocar nossos jovens em condições de igualdade com os das nações mais desenvolvidas", avaliou o presidente da Fiergs, Heitor José Müller, que acompanhou a comitiva.
Fonte:Jornal Correio do Povo 12/10/2011

terça-feira, 11 de outubro de 2011

URUTAU ESTACIONA NO CENTRO DE CRUZ ALTA

Ave de hábitos noturnos, que utiliza muito bem sua plumagem para se camuflar, um urutau foi localizado ontem à tarde em pleno centro de Cruz Alta. O animal ficou o dia pousado sobre uma placa de sinalização da Zona Azul, área de estacionamento rotativo de veículos, na rua Pinheiro Machado.
O urutau chamou a atenção dos passantes. Muitas pessoas aproveitaram para fotografar a ave, já que se trata de uma espécie difícil de ser encontrada em áreas urbanas. Alguns chegaram a dizer que o exemplar descobriu uma maneira de permanecer o dia todo estacionado na Zona Azul, sem pagar.
Normalmente, o urutau usa sua plumagem para se disfarçar - parecendo um pedaço de madeira ou um pequeno tronco de árvore - e fica imóvel durante o dia. À noite, o animal sai à procura de alimento, geralmente insetos que apanha em pleno voo.

Mais Informações:
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
    
Os urutaus são aves noturnas restritas às regiões mais quentes do Novo Mundo, que pertencem ao género Nyctibius e à família Nyctibiidae. Também são chamados de mãe-da-lua. Conhece-se um fóssil de Nyctibius griseus do Pleistoceno de Lapa da Escrivaninha, Lagoa Santa, Minas Gerais.
O urutau é uma ave de hábitos noturnos. Sua alimentação é constituída basicamente de insetos que apanha em pleno vôo, principalmente os grandes, porém pode comer outros animais de pequeno porte, como morcegos, lagartos e pequenos pássaros.
É uma ave que utiliza muito bem sua plumagem para se camuflar. Normalmente se passa por um pedaço de madeira, um galho de árvore ou mesmo troncos partidos ou em pé. Costuma ficar estático, não se assustando facilmente. Alcança até 37cm fora a cauda. Não é uma espécie acostumada ao convívio urbano.
O urutau é tido como nobre pelos moradores rurais por simbolizar força e pela forma como se protege dos perigos e dos predadores. A ave, por seu canto, figura entre várias lendas. Segundo os sertanejos, o urutau aparece na hora em que a lua nasce e seu canto triste se assemelha a “foi, foi, foi...” . Uma lenda diz que o pássaro seria uma mulher que perdera seu amor. Por isto, ele teria o nome de pássaro-fantasma. Outros dizem que o canto da ave é um presságio ou aviso de morte de algum familiar. Identificado também, pela sua maneira de pousar em tocos, como EMENDA-TÔCO.

Origem do nome:
Alguns pesquisadores argumentam que o nome da ave vem da união de duas palavras do guarani: guyra (ave) e taú (fantasma). Outros dizem que o nome é uma onomatopéia para o canto do pássaro: urutau, urutau, em notas graves e decrescentes.

NEMA QUER ESTUDOS PARA REDEFINIR REFÚGIO DE LEÕES E LOBOS-MARINHOS

Os últimos 1030 metros do molhe leste, localizado do lado de São José do Norte, um dos dois longos braços de pedras que compõem os Molhes da Barra do Rio Grande, se constituem em um Refúgio da Vida Silvestre (Revis).
Leões e lobos-marinhos há muito o elegeram como local de descanso. Nem mesmo as obras de ampliação dos molhes, realizadas durante três anos consecutivos, entre 2008 e 2011, fizeram com que eles deixassem de usá-lo. Com o término das obras, ocorrido em fevereiro, o Núcleo de Educação e Monitoramento Ambiental (Nema) entende ser necessária a adoção de algumas providências para qualificar esse importante Revis, que é um dos dois únicos refúgios dessas espécies no Brasil. O outro é a Ilha dos Lobos, em Torres.
Conforme o oceanólogo Kléber Grübel da Silva, coordenador do Projeto Mamíferos Marinhos do Litoral Sul, do Nema, as providências são a realização de estudos para verificar a necessidade de redefinição dos limites dessa unidade de conservação e a elaboração e implantação do seu plano de manejo. Ele observa que o momento atual da região, que está recebendo diversos empreendimentos, é propício, pois oportuniza o uso de recursos de compensação ambiental, os quais poderiam alavancar esses processos. Como o molhe foi aumentado, a preocupação com a redefinição dos limites do Revis se deve à possibilidade de esses animais passarem a usar também a nova ponta da estrutura, que está fora da área da unidade de conservação.

Ocupação
Silva lembra que as atividades pesadas das obras de prolongamento dos molhes, como tráfego intenso de caminhões, máquinas e operários, foram harmonizadas com o Revis por meio da implantação, pelo Nema e o consórcio responsável pela ampliação, de protocolos de conduta e orientação aos operários para uma boa convivência com os "moradores do local" - os leões e lobos-marinhos. "Pode-se dizer que ao final das obras, o impacto na população desse mamíferos foi mínimo. E os pinípedes mantêm-se utilizando esse refúgio, com o mesmo padrão de ocupação numérico e temporal", salientou.

No mês de setembro, foram avistados em torno de 40 leões-marinhos (Otaria flavescens) utilizando o molhe leste. De acordo com o oceanólogo, a partir deste mês de outubro essa taxa de ocupação aumenta consideravelmente, atingindo o máximo em dezembro, quando o Revis recebe até 100 desses animais. Eles podem ser vistos descansando nos tetrápodes (blocos de concreto), "prontos para as suas excursões diárias no mar em busca de alimentação e atentos às movimentações das embarcações que entram na Barra do Rio Grande".
No momento, o Nema e a Superintendência do Porto do Rio Grande (Suprg), parceira do projeto de conservação dos leões-marinhos, estão construindo um programa de monitoramento desses animais, que alia as necessidades de conservação do Refúgio da Vida Silveste do Molhe Leste, com as exigências do licenciamento portuário.

Pela presença constante no local, que é a entrada para o porto, os leões-marinhos são chamados de "guardiões do porto do Rio Grande". Os lobos-marinhos ocorrem em pequena quantidade no local e aparecem em maior número na beira da praia. Silva destaca que a visita ao Revis é oportunidade rara para as pessoas conhecerem esses grandes predadores de topo em plena natureza e, principalmente, livres para pescar e fazer seus deslocamentos alimentares e reprodutivos. "É um espetáculo de harmonia e educação ambiental", complementa. Os leões e lobos-marinhos se reproduzem nas ilhas rochosas da costa uruguaia.

Saiba mais:
O Revis do molhe leste é uma unidade de conservação criada em 1996 pela Prefeitura de São José do Norte.
  • Seus limites compreendem 1030 metros da parte final do molhe, com uma largura de 296 metros.
  • Tem como principal objetivo a proteção dos leões e lobos-marinhos.
  • A visitação consciente estimula a relação harmônica entre o homem e a natureza.
  • Para uma convivência amigável com esses animais, é preciso manter uma distância mínima de 20 metros deles e não perturbá-los.
  • Os visitantes devem cuidar da limpeza do local.
  • No Brasil, os mamíferos marinhos são protegidos por lei. O molestamento destas espécies levará o infrator às penalidades da lei federal.
 Por Carmem Ziebell
carmem@jornalagora.com.br
Fonte:Jornal Agora 05/10/2011

INVESTIMENTO PÚBLICO EM EDUCAÇÃO FICARÁ ENTRE 7% E 10% DO PIB, DIZ MINISTRO

O investimento público em educação deverá ficar entre 7% e 10% do Produto Interno Bruto (PIB) nos próximos dez anos, disse hoje (10) o ministro da Educação, Fernando Haddad. A fatia do Orçamento destinada ao setor será definida no Plano Nacional de Educação válido até 2020, que tramita na Câmara dos Deputados.
“Estou aguardando uma manifestação do Congresso [Nacional], que deve dar a última palavra nas próximas semanas. Não vai ser menos do que 7% e não vai ser maior do que 10%. E eu entendo que [com essa definição] o Brasil dará um grande passo”, declarou Haddad, ao participar, no Rio de Janeiro, de um seminário sobre os desafios da educação básica no país, promovido pela Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas, da Fundação Getulio Vargas (FGV).
O ministro destacou que, atualmente, o Brasil investe o percentual equivalente à media dos países que integram a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), que reúne as nações mais industrializadas da economia de mercado, como a França, o Japão e a Alemanha. Ele defendeu, no entanto, que esses investimentos aumentem para reduzir a “dívida educacional” brasileira.
“A média da OCDE é 5%, mas o PIB deles é maior que o nosso e a dívida educacional é menor que a nossa. Temos que fazer um esforço um pouquinho maior que a média mundial para honrar a dívida que acumulamos desde a proclamação da República”, acrescentou
Fonte:Agêcia Brasil 10/10/2011

sábado, 8 de outubro de 2011

AULA CHATA É LEGAL

 O professor chega à sala de aula, sorridente, dá bom dia, abre o caderno de chamada e, brincalhão, diz: “chamaaaadaaaaa... a cobrar, para aceitá-la, continue na linha após a identificação”. Os alunos riem, um deles diz “só podia ser o ‘sor’ mesmo”, o gelo é quebrado, o mestre termina o dever burocrático e, ainda sorridente, vai começar a aula. Antes, porém, de ir ao quadro (negro, verde ou branco), ouve de um aluno, com a aprovação da maioria, a frase que lhe tira toda a base de sustentação: “Profe, faz uma aula diferente hoje, pra não ficar tão chata!” O mestre diminui seu sorriso, conta mentalmente até três e responde: “Caros alunos, bem-vindos ao mundo real. A realidade que os espera lá fora é chata, às vezes, assim como uma aula de língua portuguesa”.
Criou-se, nos últimos tempos, a ideia de que o professor deve ser como um apresentador de televisão, que precisa manter a audiência, tanto do auditório como dos telespectadores. É preciso conquistar os alunos, dizem muitos teóricos no assunto, já que há outras coisas mais interessantes fora da escola. Para tanto, se fazem necessários métodos inovadores, como a dança do “cada um no seu quadrado” ou incentivá-los a ler Paulo Coelho. Mesmo assim, porém, não se consegue agradar aos alunos, que querem cada vez mais liberdade e menos compromisso. Nesse diapasão, daqui a pouco iremos para a sala de aula com o bolso recheado de cédulas em forma de aviãozinho e gritaremos “quem quer dinheiro” para que os alunos prestem atenção nas lições. Isso se houver lições para ensinar.
A internet proporciona um mundo mais interessante para os nossos jovens, dizem. Até posso concordar, afinal de contas também reservo parte do meu tempo para pesquisas na rede mundial de computadores, e com resultados esplêndidos. No entanto, sabemos que eles não utilizam, na maioria dos casos, a web para aprender, mas sim para coisas mais fúteis, como compartilhar fotos, baixar a música do momento (geralmente de péssimo gosto), assassinar a língua portuguesa e muitos et ceteras. Sou contra as coisas fúteis? Não, até porque o entretenimento faz parte da nossa vida e eu mesmo já compartilhei fotos e assassinei a língua uma porção de vezes em redes sociais na internet (psiu, bem baixinho aqui: já fiz downloads de músicas de gosto duvidoso também). No entanto, na idade em que mais se deve aproveitar o tempo para aprender, os jovens desperdiçam a chance de conhecer o que de mais importante já foi realizado pelos nossos cientistas, filósofos, matemáticos, historiadores e escritores. E se nós, professores, abrirmos mão disso e nivelarmos por baixo o conhecimento, estaremos criando seres humanos medíocres, preocupados, mas nem tanto, tão somente em atingir a média para passar de ano.
As aulas não devem ser chatas? Por que não? Se o estudante está na escola para aprender, uma das lições é a de que nem sempre as coisas são prazerosas. Acordar às 6 horas da manhã para trabalhar não é nada agradável. Pegar ônibus lotado é um saco. Nem sempre se tem um chefe carismático. Conviver com gente chata é chato. As coisas não são, portanto, como queremos que sejam. O mundo não gira em torno do nosso umbigo. Essa é a realidade que nossos alunos vão enfrentar. E é isso, também, que devemos ensinar.

Cassionei Niches Petry
Professor e mestrando em Letras
com bolsa do CNPq
cassio.nei@hotmail.com
Fonte: Jornal Gazeta do Sul/Opinião/ 29/09/2011

ALUNOS DA UFRGS AVALIAM PROPRIEDADES RURAIS DO MUNICÍPIO DE GENERAL CÂMARA

Na semana passada, alunos a professores do Curso de Agronomia da UFRGS visitaram propriedades rurais do município de General Câmara, para exercícios de avaliação do potencial e das limitações de propriedades rurais através de levantamentos agronômicos.

Foram coletadas amostras para analisar o atual sistema de produção e de gestão das propriedades visitadas e, com estas informações, os alunos avaliarão os potenciais e as limitações das propriedades, identificando conflitos de uso, para recomendar as possíveis melhorias no processo produtivo.
Após o trabalho desenvolvido nas propriedades, alunos, professores, representantes da Emater, vereadores, prefeito em exercício, agricultores e lideranças sindicais se reuniram no prédio da Câmara de Vereadores para discutir aspectos econômicos, sociais e ambientais do município.
Fonte: Jornal Portal de Notícias 07/10/2011